Milicianos tomam o controle da favela do Caju na zona portuária.

 Um clima de caos se instalou na zona portuária do Rio de Janeiro, nesta sexta feira (6/8/2021). Trata-se de um tiroteio ocorrido na favela do Caju.

Moradores afirmam que Milicianos tomaram contas das ruas com gritos de ordem.

Afirmando serem oriundos do morro do campinho e da Gardênia Azul, os milicianos obrigaram os moradores a fechar os comércios e fecharam uma das principais vias de acesso da comunidade com um ônibus tirando qualquer direito de ir e vir dos moradores. 

Nossa equipe de reportagem foi até o local e conseguiu imagens exclusivas deste confronto:

Nas imagens , bandidos travam uma batalha sangrenta pelo território e ao menos 8 pessoas são mortas e outra 6 baleadas.
Nossa equipe de reportagem conseguiu identificar apenas cinco dos oito mortos em que aparecem nas imagens.
O traficante Biro, um dos mortos , era oriundo do morro do Cajueiro , em Madureira e era integrante da facção CMD. Biro foi morto com tres tiros de pistola enquanto atacava os milicianos na localidade conhecida como Cruzada de São Sebastião.

O traficante que aparece morto no meio da rua foi identificado como Ney e era oriundo da favela Jardim Novo, na zona oeste do Rio.Foi morto com cerca de 20 tiros atingidos tanto por trás, quanto pela frente. Ney foi cercado por rivais de duas facções diferentes e ficou no meio do fogo cruzado.


Nessa imagem , nossa equipe de reportagem identificou o miliciano conhecido como 50 mil. 
50 mil era oriundo do morro do Campinho e exercia a função de gerente. 50 mil era um dos principais envolvidos no esquema de gás e internet clandestina na região em que atuava, e um dos principais responsaveis pela violência na área. 50 mil fazia parte dos bondes de ataque à rivais do morro do dezoito. Os ataques eram quase que diários.
Ele foi morto enquanto trocava tiros com o traficante TH, também morto na ação. Th era oriundo do Jardim Novo e junto com seu comparsa Ney, tentava tomar o controle do Caju.

O traficante Tuba , oriundo do morro do Cajueiro em Madureira teria sido recrutado junto com o Biro pelo traficante conhecido como Shank do Cajueiro. Shank ocupava o cargo de Gerente no morro do Cajueiro e junto com seus dois comparsas, também tentava tomar o controle da comunidade. Moradores afirmam que Shank teria sido pego por Milicianos no interior da comunidade. O corpo de Shank não foi encontrado.

Nossa equipe de reportagem identificou outro morto , mas sem muitas informações do seu paradeiro. Moradores afirmam ser Miliciano e morreu com um tiro na cabeça enquanto trocava tiros com rivais no interior da favela.


A polícia local foi acionada pra intervir e até o momento , sabe-se apenas que milicianos estão no controle da comunidade.






 

Milicianos tomam o controle da favela do Caju na zona portuária. Milicianos tomam o controle da favela do Caju na zona portuária. Reviewed by Jesus on agosto 06, 2021 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.